Bem-vindo(a), visitante! [ Registar | LoginFeed RSS  | 

Alugar Casas

| Blog | 16/08/2011

Comprar ou alugar casa, qual a melhor solução?

Esta é uma das questões com que muitas famílias se deparam. O acesso ao crédito cada vez está mais difícil, assim sendo, o arrendamento pode ser uma alternativa para a grande parte dos lares. Mas o mercado de arrendamento pode ainda sofrer alterações depois do anúncio do Executivo de José Sócrates, no sentido da liberalizar as rendas.

Mas esta não é, definitivamente, um decisão simples. Não há uma só resposta correta, porque a decisão de comprar ou alugar casa depende de inúmeras variáveis, que podem ser importantes e sensatas para um, porém muito distintas das variáveis que outro tem em mente, como, por exemplo a falta de dinheiro disponível e a pouca vontade de se comprometer com um empréstimo a 30 anos.

Estas são algumas das razões que levam os consumidores a decidir alugar uma casa, em contraponto com quem pensa a longo prazo e olhe para a compra como a única opção. Para muitas pessoas seria completamente impensável pagar uma casa durante anos e esta ficar sempre nas mãos do proprietário, ter de lhe pedir autorização sempre que precisasse de fazer obras por mais simples que fossem. Por outro lado, o acréscimo de despesas – com contratos, registos, hipoteca, comissões, impostos e seguros – podem assustar outras pessoas. A verdade é que a compra nem sempre compensa e é preciso fazer muitas contas.

Para a Century 21, não é vantajoso comprar uma casa com a perspectiva de a vender daqui a três anos ou para quem tem a noção de que a sua vida vai mudar a curto prazo – nestes casos é preferível optar pelo arrendamento. “Por vezes a renda é mais elevada do que a prestação a pagar ao banco, só que os consumidores esquecem-se dos juros e impostos que têm de pagar, e se somarmos isso tudo para um período de três anos verificamos que é mais compensador pagar a renda mensal, pois não tem mais nenhum custo”, salienta o administrador desta rede, Ricardo Sousa. Vamos a números.

Um arrendamento custa em média 600 euros, enquanto um apartamento para compra pode andar à volta dos 146 mil euros, mas a este valor é necessário acrescentar todos os custos relacionados com o processo de compra e venda, além dos habituais encargos mensais. regresso às compras Mais ou menos vantajoso, a verdade é que a opinião das mediadoras é unânime: todos aqueles que suspenderam a decisão de compra estão agora a retomá-la. “As taxas de juro continuam favoráveis e é natural que a compra ganhe terreno em relação ao arrendamento”, revelam alguns responsáveis.

A Remax garante que o valor das rendas está estável este ano e, para o director da mediadora, os preços no mercado de arrendamento vão-se manter estáveis em 2011. “Este ano estamos a realizar mais transacções de venda do que de arrendamento. Para o próximo ano esperamos continuidade, salvo se os bancos cortarem de novo o crédito”, refere Manuel Alvarez. No entender da Associação de Defesa do Consumidor (Deco), para quem tem poupanças ou uma boa relação com o banco, compensa comprar. “Neste momento, o valor da renda é superior ao da prestação do crédito. Além disso, como a crise dificulta a venda, o preço das casas está mais baixo e pode fazer bons investimentos”, refere a entidade.

Mas independentemente das contas e taxas de juros, é o factor segurança que mais pesa na decisão final sobre o passo a dar. “Muitos portugueses valorizam a segurança da compra: findo o contrato de crédito há a garantia de que a casa passa para as suas mãos. Já no arrendamento, apesar dos direitos de renovação, o inquilino pode, um dia, ser convidado a sair pelo senhorio. Além disso, por mais rendas que pague, nunca será proprietário do imóvel”, afirma a Deco. A associação diz, no entanto, que nem tudo são desvantagens em relação ao arrendamento. De acordo com a mesma, esta pode ser a solução ideal para quem está em início de carreira, pretende sair de casa dos pais ou para quem não tem rendimentos para comprar.

Também a mobilidade é apontada como uma das vantagens desta opção: A possibilidade de mudar de casa com facilidade.

Veja o que temos para si em alugar casas.

 

Fontes:
http://fernandonogueiracosta.wordpress.com/2011/01/03/comprar-ou-alugar-imovel/
http://www.ionline.pt/conteudo/79353-comprar-ou-arrendar-saiba-qual-melhor-solucao

Sem tags

3130 total views, 2 today

  

Deixe uma resposta